O que visitar

  • Publicado em: 14/03/2017 às 07:18   |   Imprimir

Sobrado da Família Silva

O Sobrado da Família Silva é uma obra de grande valor histórico e arquitetônico por ter sido construído todo com pedras da Redução. O Sobrado pertenceu ao Coronel Inocêncio Silva, filho de açorianos, que foi Coronel da Guarda Nacional. Segundo relatos o Sobrado foi construído antes da guerra de 1914. O planejamento e execução da obra foram feito por dois engenheiros imigrantes da Polônia. O Sobrado foi cenário para recepções e reuniões festivas, acolheu visitantes ilustres e também serviu de palco para reuniões que culminaram com a Coluna Prestes.

Não há cobrança de ingresso.

 

Passo do Padre

O Passo do Padre fica as margens do Rio Uruguai, em Santo Izidro, a 22 km do município. Foi neste local que nasceu o Rio Grande. Lá, o padre Roque Gonzáles rezou a primeira missa, em 03 de maio de 1626 e também foi por onde passou o primeiro gado introduzido no Rio Grande do Sul pelo Padre Cristóvão de Mendonça e Orelhana, em 1634.

Não há cobrança de ingresso.

 

Adega Jesuítica

São Nicolau possui a adega jesuítica construída em pedra de arenito, que é a única em todos os povos da margem oriental do Rio Uruguai que encontra-se em ótimo estado de conservação.

Não há cobrança de ingressos.

 

Sítio Arqueológico da Redução de São Nicolau

Onde se localizava a Igreja da Redução, que preserva o piso original, parte das paredes externas em pedras de arenito, parte de suas colunas de sustentação, alicerce, altar-mor; os remanescentes do Cabildo, a adega e o sistema de esgoto da Redução.

Não há conbrança de ingressos.

 

Cabildo

Espécie de Câmara de Vereadores ou Prefeitura onde se decidiam as questões importantes da Redução.

Não há cobrança de ingressos.

 

 

Praça Padre Roque Gonzales de Santa Cruz

A Praça Padre Roque Gonzáles de Santa Cruz foi projetada pela arquiteta Glenda Pereirada Cruz, em 1981, e possui aproximadamente as dimensões da antiga Praça da redução. Os espaços são compostos com materiais naturais e vegetação regional. É um elo entre a antiga Igreja e o Cabildo do Sítio Arqueológico.

Não há cobrança de ingresso.

 

Sala de Exposição

“Fragmentos de uma civilização”

A exposição foi organizada no ano de 1988, pela Arqueológa Vera Thadeu,  totalmente voltada para a arte guaranítica. A exposição está composta por peças encontradas durante as escavações do IPHAN no ano de 1979, identificadas e tombadas pelo instituto e posteriormente colocadas em exposição. Pode-se apreciar na mostra “Fragmentos de uma civilização”. Há três vitrinas compostas de cerâmica guaranítica, uma vitrina de materiais de ferro originadas da fundição de ferro jesuítica, uma vitrina com amostras de piso, amostras de lápides de túmulos com inscrições em tupi-guarani. Em pedra de arenito há duas pias batismais, esculpidas por indígenas e fotos do período das escavações feitas pelo IPHAN.

Não há conrança de ingresso.

 

 

Imagens Sacras

Encontram-se na Igreja Matriz, que está localizada em frente à Praça padre Roque Gonzáles de Santa Cruz. Dentro da Igreja, podemos apreciar três imagens sacras da Estatuária Jesuítica de São Nicolau. As imagens são: Santo Antonio, Santo Izidro e Senhor dos Passos.

Não há cobrança de ingresso.